Food News Latam - Embrapa realiza curso sobre nutrição e adubação na cultura do guaraná

 

facebook  Twiter  GooglePlus In Youtube

Embrapa realiza curso sobre nutrição e adubação na cultura do guaraná

Brasil Agricultura

Mais de 20 produtores rurais dos municípios de Mancapuru e Iranduba participaram, no dia 21, de uma capacitação sobre nutrição, adubação e tratos culturais na cultura de guaranazeiro. A capacitação faz parte do projeto Expansão da Guaranaicultura – Criação do Corredor Metropolitano da Cultura do Guaraná, desenvolvido pela Embrapa Amazônia Ocidental, e que tem por objetivo disseminar a produção do fruto em Manaus e em municípios próximos,

possibilitando uma nova fonte de renda para produtores familiares da região. O curso aconteceu na Fazenda Manancial, no município de Manacapuru, onde está instalada uma das Unidades de Referência Tecnológica (URTs) que fazem parte do projeto.

Os pesquisadores da Embrapa Amazônia Ocidental Firmino José do Nascimento Filho e Lúcio Pereira Santos foram os instrutores do curso, que abordou diversos temas relacionados ao plantio e desenvolvimento do guaranazeiro. O maior destaque foi dado para a adubação, pois, segundo os pesquisadores, é uma das fases mais importantes para qualquer cultura agrícola, fornecendo a nutrição adequada para o crescimento, estabelecimento e produção de uma planta. “Cada espécie apresenta necessidades diferentes de nutrição e há várias formas de fornecer a adubação adequada e na época certa”, disse o pesquisador Lúcio Pereira Santos.

Na capacitação, foi enfatizada a necessidade de fazer análise dos solos para saber a quantidade de nutrientes necessária para as plantas e que não estão presentes. De acordo com o pesquisador, o ideal é realizar essa análise antes de fazer o plantio e repetir anualmente, se possível. Com isso, o produtor vai saber a quantidade certa de cada nutriente que é necessária para um bom desenvolvimento da planta. Para orientar os produtores a como fazer a coleta dos solos para análise, foi realizada uma atividade prática no campo. “Com os resultados da análise, um técnico pode orientar a quantidade certa de adubação que deve ser feita tanto na cova, antes do plantio das mudas, e também na adubação de cobertura”, salientou Santos.

Outro ponto abordado foi importância da adubação orgânica. Segundo o pesquisador Firmino José do Nascimento Filho, essa adubação pode ser feita com diferentes materiais, como esterco animal, a própria casca do guaraná ou com compostagem feita a partir de material orgânico da propriedade. “A adubação orgânica, além de fornecer nutrientes para a planta, contribui para melhorar a agregação do solo, facilitando assim a absorção dos adubos químicos pela planta”.

Para a proprietária da Fazenda Manancial, Eliana Medeiro, que também é presidente da Cooperativa Mista Agropecuária de Manacapuru (Coomapem), as informações repassadas durante a capacitação são essenciais para se obter sucesso com a cultura do guaraná. Eliana ressaltou ainda que participar desse projeto de expansão da cultura do guaraná é uma oportunidade para diversificar a produção de sua propriedade e aumentar sua rentabilidade. “Além disso, receber as orientações técnicas da Embrapa e poder compartilhar a experiência com outros produtores é mais uma motivação para produzir mais e melhor”.

Suscribase Newsletter semanal food

ING  CARN

PAN  z CON  

Nuevos Productos

 

Sensient logo
           TextAd Logo
doehler logo  Ingredientes naturales
    
        Hawkins logo
   Logo Wacker
  Krones Logo  Varioline
logo
    Nutralys logo PP
   Logo  Uptaia
       Peptan

              

|